UFPB

UFPB é uma das referências nos estudos em robótica no país

Com diversas pesquisas na área de tecnologia a Universidade Federal da Paraíba – UFPB se consolida como uma das referências no Nordeste para o desenvolvimento de soluções criativas com base em internet das coisas (IoT). Com laboratórios dedicados para os estudos em sistemas e robótica a universidade avança nas áreas de robótica, sistemas embarcados, otimização, logística e transporte.

As pesquisas são desenvolvidas pelo Centro de Informática, no Laboratório de Engenharia de Sistemas e Robótica, o LaSER. Nele empresas de tecnologia são atendidas com projetos práticos de ponta e formação de recursos humanos. A equipe conta com mais de 50 integrantes entre doutores, estudantes de mestrado e graduação.

Nos estudos em robótica o LaSER possui parcerias com universidades brasileiras e com a Universidade do Porto, Karlsruhe Institute of Technology e Politecnico di Milano. Os pesquisadores contam com um laboratório de 1.000 m² e uma área com cerca de 400 m² para testes com veículo aéreo não tripulado (VANT) em ambientes fechados. O modelo da aeronave foi desenvolvido pelo LaSER, um VANT tipo Asa Fixa.

Os pesquisadores também têm à disposição robôs Turtlebots 2 e quadricópteros. Com os modelos o laboratório tem trabalhado em dois projetos. O primeiro desenvolve um sistema para coordenação multi-robôs baseado em percepção para realização de tarefas domésticas. São desenvolvidas pesquisas na área de localização e percepção cooperativa, controle de formação de redes móveis e comunicação entre robôs.

No segundo projeto os pesquisadores estão trabalhando em um sistema de navegação robusto e eficiente para que drones ou VANTs possam fazer voos autônomos em ambientes confinados, mas parcialmente conhecidos. Em parceria com a NLT Telecom, o LaSER trabalha no desenvolvimento de soluções inovadoras nas áreas de comunicação M2M e IoT. Um dos projetos tenta viabilizar a construção de dispositivos embarcados de baixo custo, capazes de receberem transmissões de sensores e atuadores Wi-Fi e realizarem retransmissões dos dados recebidos através da infraestrutura de rede LoRaWANTM da American Tower.

Os pesquisadores do LaSER concentram seu know-how em robótica para desenvolver soluções baseadas em internet das coisas. Com uma grande equipe atuando nas áreas de pesquisa e suporte físico para a realização de testes de campo, os trabalhos desenvolvidos na universidade atraem o interesse de empresas locais. Segundo o professor Ewerton Salvador, é comum a presença de representantes empresariais do setor de tecnologia nas apresentações dos projetos desenvolvidos na academia.

No Centro de Energias Alternativas e Renováveis (CEAR) da UFPB, pesquisadores conduzem projetos para as cidades inteligentes, como dispositivos de baixo custo para monitorar as chuvas. Os dados podem auxiliar os governos a enviarem alertas para a população quando há risco de desastres. Outro projeto trabalha com sensores para monitorar o nível de poluição no ar. Suporte à comunicação da rede LoRaWANTM da American Tower está sendo adicionado aos dispositivos para tornar a coleta de dados mais eficiente.

Em relação à iniciativa IoT Labs, Salvador ressalta a importância de ter a disposição a robusta infraestrutura de rede da American Tower.

“A parceria tira da universidade a necessidade de comprar ou construir uma rede capaz de oferecer comunicação sem fio para dispositivos conectáveis. A partir do momento que não precisamos nos preocupar com a infraestrutura, conseguimos nos concentrar apenas na criação dos dispositivos, tornando a pesquisa mais viável. O IoT Labs contribui para criar um ambiente de troca de experiência, que aquece o mercado de IoT”, comentou o professor Ewerton Salvador.

Se você é do ecossistema da Paraíba e região, e tem interesse em desenvolver projetos de IoT, aproveitar o suporte técnico e a expertise da UFPB, além da tecnologia da Rede ATC LoRaWAN, acesse www.ufpb.br para saber mais!

Compartilhe!

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *