Serie Centros de Referencia IoT Labs - IBTI - 1200 x 628

IBTI trabalha em plataforma Open Source de Internet das Coisas

Segundo dados da Cisco Annual Internet Report de 2020, a expectativa é que a Internet das Coisas (IoT) movimente cerca de US$ 19 trilhões até 2023. A América Latina será responsável por US$ 860 bilhões, enquanto o Brasil consumirá US$ 352 bilhões.

Assim, o mercado nacional de IoT segue crescendo em uma taxa média de 20% ao ano. Aproveitando esse cenário de crescimento constante e seguindo seu objetivo de trazer inovação para o país, o Instituto Brasília de Tecnologia e Inovação – IBTI, está desenvolvendo uma plataforma IoT exclusiva e, principalmente, adaptável a diversos dispositivos.

Criada com o padrão Open Source, para facilitar sua adoção e disseminação, a plataforma possui capacidade de armazenamento escalonável, suportando de uma pequena operação a uma produção empresarial completa o que resulta em um menor custo para o cliente.

Segundo o coordenador do projeto de desenvolvimento da Plataforma IoT do IBTI, Fábio Buiati, o selo de membro oficial LoRa Alliance que o Instituto possui facilita e vai de encontro com essa estratégia de transformar o local em um centro de referência nacional em Internet das Coisas e facilita a expansão da plataforma, “pois os clientes, fabricantes de dispositivos e os provedores de serviços em nuvem podem implementá-la facilmente e, dessa maneira, expandir seus produtos e soluções de IoT.”

A plataforma possibilita o rastreamento de ativos em tempo real ou o acesso a dados de posicionamento de acordo com a data desejada. Ela também é capacitada com um módulo Analytics, que mantém documentada todas as informações captadas, sendo possível visualizá-las de acordo com a preferência do cliente, seja com painéis, gráficos ou relatórios personalizados.

Quando se trata de IoT, a maior preocupação dos consumidores é a segurança e privacidade. Pensando em como solucionar o desafio, a plataforma IoT armazena os dados a partir de clusters distribuídos que garantem a sua integridade e disponibilidade, além de possuir todos os seus serviços protegidos seguindo os padrões de autenticação Auth2.

Para o desenvolvimento e testagem da sua plataforma, o IBTI, que é um dos Centros de Referência em Internet das Coisas parceiros do IoT Labs, utiliza a Infraestrutura de Rede LoRaWAN® da American Tower (ATC). Com o diferencial da tecnologia de rede ATC, o IBTI consegue aumentar a durabilidade da bateria e diminuir os custos de manutenção e operação das negociações envolvendo a sua plataforma IoT.

A INOVAi foi criada graças à parceria da Universidade Federal de Itajubá – UNIFEI, Prefeitura Municipal, Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais, Sindicato das Indústrias de Itajubá, Câmara dos Dirigentes Lojistas de Itajubá, Associação Comercial e Empresarial de Itajubá, Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas de Itajubá.

O IBTI e a Internet das Coisas

O setor de IoT do IBTI é formado por Doutores, Mestres e Especialistas com ampla experiência em diversas áreas, como Tecnologia da Informação, Computação, Análise de Dados e Engenharia de Hardware e Software. O Instituto desenvolve e fornece dispositivos e sensores de hardware, bem como os adquire de empresas que projetam, para customizar de acordo com a necessidade prévia de clientes.

Conheça alguns diferenciais do Instituto de Ciência e Tecnologia que possibilitaram a criação e a diferenciação da plataforma:

  • Diversidade de dispositivos e sensores cadastrados e funcionando na plataforma, permitindo visualização e rápida implementação de qualquer solução de IoT;
  • Equipe de pesquisadores e desenvolvedores de hardware e software que utilizam a tecnologia mais adequada a necessidade do cliente, variando de soluções baseadas em LoRaWAN® e outras tecnologias de rede;
  • Preenchimento da lacuna entre a IoT e a TI tradicional, configuração e execução de infraestruturas de TI para IoT.

Se você é do ecossistema de Brasília e região, e tem interesse em desenvolver projetos de IoT, aproveitar o suporte técnico e a expertise do IBTI, além da tecnologia da Rede ATC LoRaWAN®, acesse ibti.org.br para saber mais!

Compartilhe!

IBTI

IBTI trabalha na transformação digital dos negócios

O Instituto Brasília de Tecnologia e Inovação – IBTI, localizado na capital brasileira, trabalha na promoção de pesquisa, no desenvolvimento tecnológico e na promoção do empreendedorismo. Sua localização estratégica favorece o desenvolvimento científico. O IBTI está instalado no Parque Tecnológico de Brasília, espaço criado para oferecer um ecossistema de inovação, cooperação e geração de negócios entre empreendedores, empresas, universidades e centros de pesquisa.

Além da pesquisa na área de inovação tecnológica, o instituto realiza consultorias para empresas já consolidadas e empreendedores que ainda estão iniciando seu negócio. O IBTI também possui uma incubadora de projetos para ajudar o desenvolvimento das organizações de maneira mais assertiva e duradoura. Para favorecer a geração de emprego e renda são oferecidos treinamentos em áreas de conhecimento de tecnologia.

Na última grade foi ofertado o curso com certificação em arquiteto de internet das coisas. A formação contribui para que os profissionais habilitados possam projetar e fornecer soluções com foco no ecossistema de IoT. O treinamento possui metodologia e certificação da Arcitura Education, líder global em formação na área de tecnologia da informação.

A principal competência do IBTI está na habilidade para transformação digital do negócio. No instituto são desenvolvidos diversos serviços em TI, aplicação para desenvolvimento de hardware, implementação do conceito de internet das coisas, desenvolvimento de software e interoperabilidade de sistemas. As soluções contribuem para que as organizações possam tomar decisões assertivas de maneira antecipada, tornando a organização mais eficiente.

O IBTI possui parcerias com a Microsoft Partner, Arcitura, Biotic, IPD Eletron, P&D Brasil, e a American Tower com o IoT Labs, além de ser membro da LoRa Alliance. Também possui em sua carteira trabalhos realizados para Intelbras, NHS sistema de Energia e Henry Equipamentos. Na área de desenvolvimento de projetos o instituto está trabalhando em soluções com foco em cidades inteligentes utilizando sensores habilitados para infraestrutura de rede LoRaWAN® da American Tower.

Um dos projetos desenvolvidos pela equipe do IBTI com a tecnologia LoRaWAN identifica de maneira precisa qual caixa de emenda de fibra ótica foi violada ou retirada do local. Os dados são compartilhados em tempo real. A tecnologia garante agilidade e assertividade para que as operadoras possam restabelecer as conexões interrompidas em um curto espaço de tempo. Também estão sendo feitos testes com dispositivos para localização de frota. O sensor cria uma linha do tempo de todo o trajeto, enviando dados a cada 3 minutos.

“O uso da infraestrutura de rede LoRaWAN para aplicações IoT de baixo consumo e baixa taxa de informação é bastante recorrente atualmente. A parceria com a American Tower, promovendo o acesso à sua rede, nos permitiu sair do campo das ideias e partir para uso da tecnologia LoRa por todo o Distrito Federal, provendo uma ótima cobertura. Além disso, nos possibilitou a validação do longo alcance dessa tecnologia e nos permite desenvolver diversas aplicações em cidades inteligentes”, afirmou Nícolas Silva, Desenvolvedor de IoT no IBTI.

Se você é do ecossistema de Brasília e região e tem interesse em desenvolver projetos de IoT, aproveitar o suporte técnico e a expertise do IBTI, além da tecnologia da Rede ATC LoRaWAN, acesse http://ibti.org.br/ para saber mais!

Compartilhe!