INDT

Manaus possui centro de referência em IoT com infraestrutura de ponta

A Região Norte possui um dos maiores sistemas interdependentes de inovação tecnológica do país e dele faz parte o Instituto de Desenvolvimento Tecnológico (INDT). Seu foco está na pesquisa e desenvolvimento de novos produtos, serviços e soluções tecnológicas inovadoras para promoção e geração de novos negócios em toda região.

O INDT integra a iniciativa IoT Labs promovida pela American Tower em parceria com a Everynet e a BandTec Digital School. Como um dos 11 Centros de Referência em internet das coisas (IoT). O instituto tem trabalhado de forma ampla para a promoção da tecnologia LoRaWAN. Diversos projetos e pesquisas em IoT  estão utilizando a rede. Além disso, também estão sendo realizados workshops para executivos, empresários locais e profissionais da área de tecnologia.

“O INDT tem fomentado o uso da tecnologia LoRaWAN na região Norte através da utilização da infraestrutura de conectividade oferecida pela parceria com American Tower nos projetos de pesquisa com seus clientes de vários segmentos: energia, manufatura avançada, cidades inteligentes, rastreamento de ativos e agronegócio. Além de projetos de P&D para empresas do Polo Industrial de Manaus, o INDT também tem aplicado a tecnologia nas provas de conceito e modelos de negócio que envolvem IoT para as startups integrantes do PPED. Recentemente uma startup do PPED teve sua prova de conceito validada e incorporará a conectividade LoRaWAN no seu produto, que operará em áreas remotas de floresta onde não há cobertura de rede celular”, comenta Sergio Abreu, pesquisador do INDT.

Independente e sem fins lucrativos, o INDT é mantido através de parcerias com a iniciativa privada. O instituto é um dos protagonistas no desenvolvimento do ecossistema local de inovação e mantém parcerias com Universidades, Governo, empresas e outros centros. Entre seus clientes estão a Motorola, Epson, Positivo, TPV, Tellescom e outras.

Com quase 20 anos no mercado, o INDT é um dos poucos centros de pesquisa no país que conta com uma estrutura diversificada de laboratórios, e não é por menos, já que a infraestrutura soma investimentos de mais de R$150 milhões. São laboratórios de confiabilidade, hardware, prototipagem, UX, elétrico, microscopia e telecomunicações. Para atuar na gestão de projetos o instituto conta com um time de profissionais com 118 funcionários altamente qualificados, sendo 14 mestres.

O INDT coordena o Programa Prioritário de Economia Digital (PPED), iniciativa governamental para fortalecer empresas de base tecnológica na Amazônia Ocidental. Nele empreendedores recebem investimentos para o desenvolvimento do negócio, auxílio no desenvolvimento do projeto, validação da solução, suporte de negócios, além de contar com a infraestrutura do instituto. A Microsoft é uma das empresas investidoras que apoia o programa.

Se você é do ecossistema de Manaus e região, e tem interesse em desenvolver projetos de IoT, aproveitar o suporte técnico e a expertise do INDT, além da tecnologia da Rede ATC LoRaWAN, acesse www.indt.org.br para saber mais!

Compartilhe!